Passaporte Europeu

Passaporte Europeu: Como Obter e Qual o Valor para Retirada!

Já imaginou visitar a Europa sem precisar passar pela imigração ou até mesmo viver no velho continente de maneira facilitada? Confira as formas disponíveis para se obter um passaporte europeu. Boa leitura!

Como obter meu passaporte europeu?

O Brasil é formado por uma grande massa de imigrantes, que vieram principalmente de países da Europa.

Com o passar dos anos, o desejo pelo turismo no continente recheado de histórias e qualidade de vida cresceu, com a vontade de se obter melhores condições para visitar ou fixar residência nos territórios que formam a Europa. Por conta disso, a maior probabilidade para um brasileiro conseguir seu passaporte europeu é comprovar sua descendência europeia.

Descendência europeia

Se você já possui o conhecimento da origem da sua família e de seus ancestrais e quer saber se, o seu grau de parentesco o torna elegível para conquistar seu passaporte europeu, confira as leis aplicadas pelos principais países da Europa e que possuem maior número de descendentes no Brasil.

Passaporte Europeu

Lembrando que o primeiro passo para o passaporte é obter dupla nacionalidade com um dos países listados.

Italiana

Tendo muitos descendentes no Brasil, o país tem uma lei mais abrangente para pessoas que querem adquirir a dupla cidadania italiana. Não existe delimitação de grau de ascendência.

Porém, apesar da facilidade, o processo só pode ser aberto se todos os documentos do ancestral nascido na Itália forem apresentados, como certidões de nascimento, casamento e óbito.

Alemã

A Alemanha também tem um programa que facilita que descendentes de pessoas que saíram do país nos séculos XIX e XX para migrar para outros territórios, possam adquirir a cidadania e posteriormente o passaporte europeu.

Assim como a cidadania italiana, os documentos relacionados ao ancestral também devem ser apresentados, com destaque para a passagem do navio e o porto de chegada da pessoa, para comprovar que o seu ascendente saiu do país por conta de dificuldades enfrentadas na região na época.

Espanhola

Para se tornar oficialmente um cidadão europeu através de um processo que envolve a Espanha, você deve ser filho ou neto de espanhóis, bisnetos também podem solicitar a dupla cidadania, mas somente se forem menores de 18 anos.

Portuguesa

De forma similar ao processo espanhol, a cidadania portuguesa pode ser obtida de maneira mais fácil por filhos e netos de pessoas nascidas em território português.

Para netos, caso os pais e os avós não sejam mais vivos, é possível dar entrada e ter o pedido analisado pelo ministério da justiça do país.

Porém, se você for bisneto, conseguirá a cidadania somente por transmissão, ou seja, o primeiro descendente direto deve entrar com o processo, para depois os demais, até que a nacionalidade e o passaporte europeu possam ser requisitados.

No caso de Portugal, o interessado na cidadania também deve apresentar provas de sua ligação com o país afetivamente, como viagens já feitas e conexão com pessoas que vivem em território lusitano.

Já possuo cidadania europeia e agora?

Caso você já possua cidadania europeia e queira partir direto para a obtenção do passaporte, saiba que o procedimento também é realizado no Brasil.

Localize o consulado do país que você possui cidadania mais próximo de você e marque uma data para abrir seu processo de requerimento do passaporte. Lembrando que as leis podem mudar em um curto espaço de tempo de país para país.

Porém, com o dia e horário agendado, exceto algumas exceções, os seguintes documentos são os necessários para a obtenção do passaporte europeu:

  • Formulário de requerimento preenchido e assinado;
  • Foto 3,5 cm por 4,5 cm atualizada a menos de 6 meses;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de prestação de serviço militar (para requerentes do sexo masculino);
  • Certidão de nascimento;
  • Comprovante de nacionalidade do país (certificado de nacionalidade);
  • RG;
  • Declaração de sobrenome;
  • Certidão de casamento, divórcio e óbito do cônjuge (caso o requerente seja viúvo).

Passaporte europeu: valor

Para conseguir o passaporte europeu diretamente, o custo fica entre 500 a 700 reais, sendo possível a retirada no próprio consulado onde você deu entrada no processo ou, em alguns casos, também existe a opção de receber o documento via correios, mediante uma taxa adicional.

Agora, se você possui a necessidade de obter sua cidadania, os custos podem variar bastante, ficando entre 5 mil e 15 mil reais, a depender da quantidade de pesquisa necessária para você conseguir encontrar todos os documentos obrigatórios.

Tradução de documentos: requisito indispensável para obter o seu passaporte europeu

Agora que você já conhece um pouco do processo para obter o seu passaporte europeu, percebeu que os procedimentos envolvem a tradução de documentos, porém, no que diz respeito à obtenção da cidadania, esses papéis devem receber uma tradução juramentada.

O que é uma tradução juramentada?

Algumas pessoas já sabem que processos que envolvem outros países necessitam que documentos sejam traduzidos, mas é comum o engano de se pensar que qualquer forma de tradução serve.

Nesses casos, a tradução necessita ser juramentada, ou seja, oficial e atestada pelo governo federal para poder obter validade em outros territórios.

Para isso, não basta contratar um tradutor, o profissional a ser responsabilizado pelos documentos deve passar em um concurso público organizado pela Junta Comercial do seu estado de residência, para poder oferecer o serviço de tradução juramentada.

Essa forma de tradução de documentos assegura que o conteúdo descrito foi traduzido por uma pessoa idônea e capacitada para o serviço.

Salvo algumas exceções, todos os documentos necessários para se obter uma cidadania europeia devem passar por tradução juramentada.

Conheça a Nativo Traduções

A Nativo Traduções conta com uma equipe especializada de tradutores juramentados de inglês, francês e italiano, os profissionais são autorizados e devidamente concursados na Junta Comercial do Estado de São Paulo.

Nossos tradutores passam por capacitação interna, realizando cursos anualmente para manter seus conhecimentos atualizados, adequando-se a novas expressões e termos técnicos utilizados nas mais abrangentes áreas de atuação. Dessa forma, podemos oferecer uma impecável qualidade de cada tradutor juramentado de nosso time.

Garantimos a você:

  • Agilidade na execução;
  • Ausência de erros na tradução;
  • Desburocratização do processo;
  • Qualidade garantida.

Peça um orçamento, teremos o prazer em te ajudar!

Compartilhar esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *